Ganhe Dinheiro Com Futebol


Ganhe Dinheiro Com Futebol

Autora: Cláudia Augelli é estrategista de investimentos.

Você é fã de esportes?

Gostaria de trabalhar com algo divertido, dinâmico e que te dê prazer? Da sua casa, da praia, da montanha ou de qualquer lugar onde exista sinal de internet? Não ter um chefe chato no seu pé? E ainda por cima obter uma renda mensal que pode ser equivalente ao salário de um bom cargo público?

Se você disse “sim” para alguma dessas perguntas, continue a leitura.

 

trader esportivo

 

O futebol é sabidamente a grande paixão nacional e por conta da sua popularidade – no Brasil e no resto do mundo – jogadores e cartolas enriquecem e ficam multimilionários.

E você? Já imaginou ganhar dinheiro com esporte [sem ser atleta]?

O trading esportivo ainda é pouco conhecido no Brasil, trata-se de operações de compra e venda realizadas em Bolsa esportiva.

A Betfair Group PLC (*) – fundada em Maio de 1999, no Reino Unido – é hoje a maior delas e oferece a oportunidade de você ganhar dinheiro com o seu esporte favorito – seja ele o futebol, o tênis, o golfe, o basquete, etc. De que maneira? Você acompanha o jogo e faz investimentos conforme a sua leitura, podendo zerar sua posição a qualquer momento, sem ter que ficar preso até o resultado final do jogo e fugindo da pura e simples especulação. Na verdade, você vai comprar e vender probabilidades de resultado [do jogo] ao longo do jogo.

(*) A Betfair Group PLC atualmente é uma empresa de capital aberto, cujas ações são negociadas na bolsa de Londres (LSE). A Betfair possui 1 milhão de clientes espalhados pelo mundo e registra 7 milhões de trades por dia. 

 

Vivendo e aprendendo

Quando eu morava em Londres ouvia falar sobre pessoas que ganhavam dinheiro em operações de “trading esportivo”, mas, não conhecia o assunto em profundidade.

Recentemente estive em Brasília e tive o grande prazer de conhecer o Juliano Fontes, ex-funcionário público e um dos maiores especialistas do Brasil em “trading esportivo”.

O Juliano – que já opera nesse mercado há 8 anos – criou uma estratégia através da qual consegue alcançar um retorno médio de aproximadamente 40% ao mês investindo em futebol. 

É claro que eu não poderia deixar de trazer esse case aqui para o Mundo do Dinheiro. Confira abaixo nosso bate-papo com dicas exclusivas para quem está buscando uma renda extra [ou até mesmo uma nova carreira].

 

Como você descobriu o mercado de “trading esportivo”?

Eu sempre fui apaixonado por futebol desde moleque. Por outro lado, assim como você, sempre gostei muito de assuntos relacionados a investimentos. Aos 17 anos comecei a estudar análise técnica [escolha feita pela simplicidade e praticidade do método]. Aos 18 comecei a investir no mercado de ações, efetivamente. E aos 20 já conseguia ter um bom retorno mensal com operações de swing trade. 

Peguei um mercado altista em 2005 e 2006, mas, na virada de 2007 para 2008, com a chegada da crise, passei a focar em renda fixa e operar no mercado de opções (fazendo lançamento coberto) buscando 1% a 2% a.m. de rentabilidade.

Na época, eu ganhava 1 salário e meio e investia uma boa parte. Meu capital era de R$ 40 mil, portanto, apesar do retorno em termos percentuais ser bem interessante, em termos financeiros não era. Meu emprego era minha principal fonte de renda.

Um belo dia um amigo veio me pedir ajuda. Me apresentou o mercado do trading esportivo e a oportunidade de ganhar dinheiro investindo em futebol. Segundo ele a dinâmica da bolsa esportiva era muito parecida com a do mercado de ações. Como ele sabia que eu estava obtendo bons retornos na BMFBovespa, ele queria que eu o ensinasse a ter bons resultados na Betfair. Logo de cara, fiquei alucinado com aquela oportunidade de ganhar dinheiro fazendo “day-trade” em jogos de futebol rs.

 

Quais são as principais diferenças entre o mercado de ações e o mercado detrading esportivo?

Na verdade o mercado de trading esportivo é muito similar ao mercado de ações. A diferença é que no futebol, por exemplo, o trade é feito durante os 90 minutos de jogo, a variação das probabilidades é muito mais rápida e a possibilidade de ganho muito mais alta. Ao invés de analisar empresas – seus gráficos ou fundamentos – você analisa os jogos e as probabilidades. Lembrando que, assim como no mercado de ações, deve-se observar a “liquidez” de cada jogo.

Ao contrário do pregão, o trade também pode ser feito antes do jogo começar. Porém, a variação das probabilidades é menor e o mercado não apresenta tantas oportunidades, salvo no caso de uma notícia inesperada como um desfalque de última hora. Eu, particularmente, só faço meus trades ao longo do jogo.

Outra diferença sensível, é que como no trading esportivo o ganho percentual é bem maior que no mercado de ações e bem mais rápido, você não precisa investir grandes montantes para ter um bom retorno.

Considero mais fácil ganhar dinheiro com trading esportivo, porque é um mercado que envolve muitos amadores. Estudos apontam que apenas 5% dos participantes ganham dinheiro. Muitos são apenas torcedores ou curiosos. Poucos são os profissionais. Via de regra, quem opera no mercado de ações consegue um bom desempenho no trading esportivo.

 

Trata-se de aposta ou investimento?

Eu não gosto de tratar o trading esportivo como aposta até porque não depende de sorte. De fato, você pode apostar que um determinado time vai ganhar o jogo. E isso seria mera especulação.

Ou você pode se profissionalizar e fazer investimentos – com embasamento – ao longo dos jogos, que é o que eu faço.

 

Pode-se investir em vários esportes, certo? Qual esporte tem a maior liquidez? E por que você escolheu o futebol?

Os esportes que têm maior liquidez são o tênis e o futebol. Eu não curto muito tênis, por isso, invisto apenas em futebol, esporte pelo qual tenho verdadeira paixão. Recomendo que a pessoa escolha algum esporte que realmente goste para trabalhar.

 

Para que se atinja bons resultados, quantas horas de dedicação a essa atividade são necessárias?

Depende muito. Quando eu comecei, eu trabalhava e fazia faculdade.

O trading esportivo representava apenas uma renda extra. Nessa época eu trabalhava em média 2 a 3 jogos no sábado e 2 jogos no domingo. Ou seja, umas 6 horas no sábado e umas 4 horas no domingo. Como eu gosto muito de futebol, eu já costumava assistir aos jogos nos finais de semana e só mudei a forma de assistir.

Eu recomendo que o iniciante dedique 1 a 2 horas por dia de estudo e trabalhe pelo menos 4 a 5 jogos por semana. Isso já deve gerar uma renda complementar considerável.

No meu caso, eu fiquei trabalhando por alguns anos com trading esportivo até que pedi exoneração do meu cargo como funcionário público e passei a me dedicar exclusivamente a isso. Um investidor profissional, pode trabalhar 1 a 3 jogos por dia, por exemplo. Hoje em dia sou bastante criterioso, e é normal eu ficar 1 ou 2 dias da semana sem operar.

Vale destacar que, o exercício dessa atividade vai além da duração dos jogos. Envolve análise pré-jogo, leitura de relatórios, planilhas de acompanhamento, atualização do diário do trader, etc.

 

Que tipo de relatórios você consulta para fazer a análise pré-jogo?

Vou te dar um exemplo de um site que é bem organizado e concentra muitas informações importantes: http://www.tablesleague.com/teams/flamengo1/.

 

Qual é o seu retorno mensal médio?

O ganho é ilimitado. Gosto de trabalhar com operações de curtíssimo prazo ao longo do jogo, fico posicionado por 40 segundos a 2 minutos no máximo. Cada uma dessas operações me rende de 1% a 2% [sendo que a diferença entre o preço de compra e o preço de venda é de no mínimo 0,8%]. Faço em média de 5 a 10 operações por jogo, variando conforme as oportunidades que aparecem. Já cheguei a ganhar mais de 40% num único jogo.

Em termos percentuais, obtenho um retorno médio de 1% a 4% por jogo, totalizando em média 40% a.m., o que me gera um rendimento de R$15.000,00 a R$20.000,00 por mês. Entretanto, sou extremamente conservador nos meus investimentos.

E é fato que ficamos limitados as oportunidades que aparecem [ou não] ao longo dos jogos.

 

Via de regra ao investir nesse mercado de trading esportivo utiliza-se robôs ou softwares? Ou algum tipo de seguidor de tendência?

O trade – operação de compra/venda –  é feito direto no site da Bolsa, que é semelhante a um home broker. Você pode utilizar um software que pode te gerar um gráfico ou um seguidor de tendência para respaldar sua decisão na hora de fazer o investimento, mas, não é mandatório.

Ao operar no mercado de ações um investidor pode se valer das análises geradas por um software que identifica oportunidades de compra/venda [podendo haver análises subjetivas que podem estar erradas]. Já no trading esportivo a variação da tendência é 100% referente ao que está acontecendo no jogo, por isso não é possível um robô fazer essa leitura.

O que é possível ser feito e, por sinal, é algo que utilizo bastante … é que nessas probabilidades dos jogos de futebol existem certos suportes e resistências das probabilidades, então, em algum momento elas podem variar um pouquinho mais rápido ou um pouquinho mais lento de acordo com o número / porcentagem que tiver na probabilidade.

Vou te dar um exemplo para ficar mais palpável. Se a probabilidade de um time ganhar um jogo for de 60% e esse time estiver ganhando, a cada segundo de jogo a probabilidade desse time ganhar a partida se torna cada vez maior, porque o jogo vai ficando mais próximo do fim. A cada segundo / minuto de jogo – se tudo se mantiver constante – a probabilidade de vitória vai subindo um pouquinho. Sendo que existe alguns patamares, como 70% e 75%, que são como se fossem barreiras (suportes ou resistências), que quando atingidas dão uma travada e na hora que a barreira dos 70% é rompida, vai até os 75% mais rapidamente. Num caso como esse, você pode fazer uma posição em 71% e vendê-la em 74%. O mais interessante é que esses números [barreiras] são fixos, sendo muito mais fácil do que os suportes e resistências do mercado acionário. Porque os percentuais que variam mais rapidamente já são conhecidos pelo investidor.

 

Como começar?

Bem, primeiramente o sujeito deve se cadastrar numa bolsa esportiva. Eu aconselho, por uma questão de liquidez, a Betfair. O segundo passo é enviar os recursos para creditar a conta da pessoa junto a Betfair – as operações ainda não são feitas em reais, sugiro que você opte pelo dólar ou euro. É possível creditar sua conta através de boleto bancário, débito em cartão de crédito internacional, Paypal internacional, ou você pode utilizar a Neteller, que é uma carteira virtual – e tem suporte em português. Cada uma dessas alternativas de envio tem os seus fees. Fique atento!

Em relação aos trades, a Betfair cobra uma comissão [que varia de 2,5% a 6,5%] em cima do lucro do cliente. Em caso de empate ou prejuízo, não há incidência dessa comissão.

 

Considerando que  o investimento é feito em moeda estrangeira e envolve alguns custos (taxas) a partir de que valor você considera interessante começar a investir?

Creio que a partir de uns $200.00 dólares. Penso que se o trader não conseguir lucrar com pouco dinheiro, também não conseguirá lucrar com muito.

 

Você poderia revelar duas estratégias de investimento que você utiliza?

Opa! Vamos lá! Imagine o seguinte cenário: está rolando um jogo entre Corinthians e São Paulo, e você identifica que nos próximos minutos o jogo vai se enrolar e não vai acontecer muita coisa, não haverá gol [está havendo uma substituição ou algo do tipo, aquele momento em que a galera levanta e vai buscar uma cerveja …], nesse exato instante a probabilidade de empate é de 40%. Você aproveita a oportunidade e investe a favor do empate. Daqui uns 2 ou 3 minutos a probabilidade de empate já subiu porque o jogo estará mais próximo do final. Então, você vende sua posição. Simples como isso!

Uma outra estratégia é trabalhar com “proteção”. Digamos que o ataque do São Paulo seja forte e a defesa do Corinthians seja forte. Nesse caso, existe chance do placar ficar em zero a zero. Suponhamos um investimento de $1,000.00, 95% a 93%  desse valor será investido na vitória de um determinado time e 5% a 7% será utilizado para comprar uma “proteção”, ou seja, o empate do jogo. Entende? Se no final das contas, o São Paulo [que era o favorito] ganha o jogo, meu investimento [de 95% a 93%] no São Paulo me gera um resultado infinitamente maior do que o que gastei com a compra do empate.

Mas, existem várias possibilidades, cada uma funciona melhor num tipo de jogo ou campeonato ou situação de jogo. Seu papel é justamente analisar o jogo e identificar a melhor estratégia.

 

Como funciona a declaração de imposto de renda referente ao lucro dessas operações?

A declaração de IR ocorre apenas no resgate do dinheiro. A alíquota é de 15% e o pagamento é feito no Brasil – via DARF – mensalmente, e depois deve ser exportado para a declaração anual como ganho de capital em moeda estrangeira. Ao contrário do mercado de ações, se você tiver prejuízo não poderá abater do valor a ser pago.

 

Em relação a manejo de risco, qual o valor médio que você costuma investir por jogo?

Primeiramente, eu faço uma análise pré-jogo para entender se vale a pena investir naquela partida. Se as estatísticas indicarem que pode haver uma boa oportunidade, eu sigo em frente. Do contrário, não perco meu tempo e não arrisco meu capital. Digamos que eu tenha errado na minha avaliação, o jogo começa e não tem nada interessante acontecendo, eu simplesmente não invisto naquele jogo.

Cada jogo tem a sua própria liquidez. No caso de um Campeonato Brasileiro ou Copa Libertadores, por exemplo, num jogo disputado pelos grandes times do Brasil – a movimentação é de no mínimo $300,000.00 a $400,000.00, o que eu considero uma boa liquidez. Costumo investir um montante de $5,000.00 a $10,000.00 em jogos como esses. Mas, não de uma única vez, eu vou colocando e tirando dinheiro aos poucos. Ou seja, montando e desmontando posições. Digamos 10 trades de $1,000.00.

Um detalhe importante: uma vez encerrada a operação, a bolsa credita o seu dinheiro (capital investido) na conta imediatamente. O lucro é creditado por volta de 1 minuto após o término da partida.

Eu não gosto de trabalhar com jogos que têm menos de $100,000.00 investidos logo que a partida começa, eu considero jogos com pouca liquidez. Os jogos europeus movimentam muito mais dinheiro que os brasileiros, até porque otrading esportivo é muito mais conhecido por lá. Para você ter uma ideia, dois times pequenos da Inglaterra movimentam de $1,0 milhão a $2,0 milhões, já os times europeus grandes movimentam uns $10 milhões por jogo. Só para te dar uma referência, uma partida entre dois grandes tenistas movimentaria por volta de $10 milhões também.

Tirando o aspecto da liquidez, existe o aspecto psicológico. No meu caso, eu não costumo investir mais de 10% da minha banca (meu saldo total na Betfair) por operação. No caso de gestão de bancas menores, como de $1,000.00 a $2,000.00, pode-se alocar de 20% a 25% do total por operação. Esse percentual vai diminuindo conforme sua banca vai aumentando.

 

Quais são suas dicas de sucesso para quem se interessou pelo trading esportivo?

Os 5 pilares de sucesso do trading esportivo são:

1. Análise pré-jogo (antes do jogo começar);

2. Análise do jogo (enquanto a bola está rolando);

3. Controle emocional e disciplina;

4. Gestão da banca (seu patrimônio);

5. Utilização das ferramentas corretas.

 

Por fim, será que tudo isso funciona mesmo? Tenho bastante critério em publicar artigos como esse que você está lendo. Sei que pode parecer muito bom para ser verdade, então, fui pesquisar a opinião das pessoas que fizeram o curso Trader Esportivo e os depoimentos foram realmente surpreendentes! 

Como contra RESULTADO não há argumentos, pedi ao Juliano que me enviasse o extrato do mês de Julho [abaixo], observe que  no período de 01.07.2015 a 31.07.2015 ele ganhou $6,254.11 [aproximadamente R$21.263,97].

extrato até 31-07-2015

Para saber mais sobre o método do Juliano, cliquei → aqui.

Minha opinião: A possibilidade de conquistar liberdade financeira e geográfica é tentadora. Num cenário como o de hoje, ter uma renda extra em dólares [dado que a cotação do dólar comercial ontem bateu R$3,40] é o sonho de qualquer um. Ainda que você ganhe pouco, como o dólar está muito valorizado, seu resultado será mais que triplicado. Acredito que a disciplina e o conhecimento deixem os participantes cada vez mais afiados em suas “tacadas”. Considero que o trading esportivo é de fato uma oportunidade de ganhar dinheiro com algo divertido, mas não existe “almoço grátis”. É preciso dedicação, como em qualquer outro negócio. Se você gosta de esportes – e para mim isso é uma premissa para atuar nesse mercado – e se interessou pelo trading esportivo, meu conselho é: seja consciente na hora de investir o seu dinheiro, não se deixe guiar pela emoção. O primeiro passo é se qualificar. Pesquise sobre o assunto, estude, conheça a metodologia do Juliano e comece com pouco dinheiro.


Caso queira saber mais, Clique Aqui!

Texto original: http://exame.abril.com.br/

 

Ganhe Dinheiro Com Futebol
3.67 (73.33%) 6 votes

Quer Receber Dicas Sobre os Melhores Cursos Que Estão Bombando na Internet?